O que todas as partes de uma célula fazem?

As células, como estas de uma bochecha humana, crescem juntas para formar organismos maiores.

Células compÔem todos os seres vivos, desde as menores bactérias até as maiores criaturas da Terra. Embora existam muitos tipos de células, todas possuem partes semelhantes. As diferentes partes de uma célula são chamadas organelas, e cada uma tem um propósito específico. Em geral, plantas e animais possuem as mesmas organelas, com algumas diferenças.

Membrana Celular e Parede Celular

Em torno de cada célula é uma membrana permeåvel feita de duas camadas de fosfolipídios. Esta membrana controla o transporte de substùncias para dentro e para fora da célula. A ågua e outras substùncias se movem naturalmente de alta concentração para baixa concentração através da membrana por osmose. No entanto, ao longo da membrana existem proteínas que atuam como bombas para mover materiais de baixa concentração para alta concentração, um processo conhecido como transporte ativo. Nas células vegetais, a membrana celular é cercada por uma parede celular rígida, que ajuda a célula a manter sua forma e estrutura.

Citoplasma

Dentro da membrana celular Ă© o fluido da cĂ©lula, que Ă© conhecido como o citoplasma. É onde todas as organelas residem e tem a consistĂȘncia de um gel macio. Mantidos juntos pela membrana celular, o citoplasma atua como meio de transporte e tambĂ©m para dar estrutura e forma Ă s cĂ©lulas.

NĂșcleo

Dentro de cada cĂ©lula estĂĄ o nĂșcleo, que Ă© o centro de controle na cĂ©lula. O nĂșcleo contĂ©m o DNA do organismo, e Ă© aĂ­ que a função do corpo obtĂ©m suas direçÔes e informaçÔes. Envolvido dentro de uma membrana nuclear, o DNA se desfaz para construir proteĂ­nas e outras substĂąncias que o corpo necessita. TambĂ©m Ă© responsĂĄvel pela reprodução, o que leva Ă  divisĂŁo celular e Ă  replicação de novas cĂ©lulas. Associados ao nĂșcleo estĂŁo os centrĂ­olos, que sĂŁo proteĂ­nas usadas para separar o nĂșcleo durante a replicação celular.

VacĂșolos

Tudo precisa de um lugar para armazenar materiais e os vacĂșolos servem a esse propĂłsito para as cĂ©lulas. Os vacĂșolos sĂŁo grandes bolsas de lĂ­quido dentro da cĂ©lula onde alimentos ou resĂ­duos podem ser armazenados para uso posterior ou descarte. Nas cĂ©lulas animais, os vacĂșolos sĂŁo pequenos e dispersos. Nas cĂ©lulas vegetais, elas sĂŁo maiores porque as plantas tendem a armazenar maiores quantidades de alimentos. Estruturas semelhantes chamadas vesĂ­culas sĂŁo menores que vacĂșolos e sĂŁo usadas para o transporte de substĂąncias dentro da cĂ©lula.

Lisossomos

Os lisossomos sĂŁo estruturas membranosas dentro de uma cĂ©lula que auxiliam na quebra de materiais. Os lisossomas contĂȘm uma forte solução digestiva para o conseguir. Eles podem quebrar molĂ©culas maiores de alimentos em menores para serem utilizadas pela cĂ©lula. Eles tambĂ©m podem ser usados ​​para decompor partes antigas da cĂ©lula que nĂŁo sĂŁo mais Ășteis, bem como intrusos prejudiciais, como bactĂ©rias.

Ribossomos

Os ribossomos sĂŁo pequenos pedaços de proteĂ­na e RNA, semelhante ao DNA, mas usados ​​para transportar informaçÔes para produzir substĂąncias. Eles sĂŁo usados ​​para construir molĂ©culas maiores, como proteĂ­nas, transcrevendo a informação genĂ©tica na cĂ©lula. Esses ribossomos sĂŁo relativamente pequenos, mas altos em nĂșmeros. Eles se ligam ao retĂ­culo endoplasmĂĄtico para produzir as proteĂ­nas.

RetĂ­culo endoplasmĂĄtico

O retĂ­culo endoplasmĂĄtico, comumente referido como ER, Ă© uma grande organela tubular que produz grandes molĂ©culas na cĂ©lula. O ER tambĂ©m armazena e transporta os materiais que produz Existem dois tipos principais de retĂ­culo endoplasmĂĄtico. O ER liso produz molĂ©culas de ĂĄcidos graxos, esterĂłides e lipĂ­dios. O ER rugoso produz molĂ©culas de proteĂ­nas. Diz-se ser ĂĄspero porque os ribossomos se ligam a ele com informaçÔes sobre a sĂ­ntese de proteĂ­nas, o que dĂĄ Ă  organela a aparĂȘncia de ser ĂĄspera ou irregular.

Aparelho de Golgi

O aparelho de golgi, também conhecido como o corpo de golgi, é uma série de estruturas tubulares interligadas. Quando pequenas vesículas transportam uma proteína para o aparelho de gogli do pronto-socorro, essa substùncia é levada para dentro e envolvida por uma membrana. Isso permite que a substùncia seja transportada para um local diferente da célula ou até mesmo transportada para fora da célula.

MitocĂŽndria

As mitocĂŽndrias sĂŁo freqĂŒentemente chamadas de usina da cĂ©lula. É aqui que a energia Ă© produzida a partir de molĂ©culas de açĂșcar. As mitocĂŽndrias sĂŁo ovais e possuem suas prĂłprias membranas, assim como seu prĂłprio DNA no interior.

Cloroplastos

CĂ©lulas vegetais contĂȘm organelas chamadas cloroplastos. Eles sĂŁo semelhantes em tamanho Ă s mitocĂŽndrias, mas servem Ă  função oposta. Os cloroplastos sĂŁo essenciais para a fotossĂ­ntese porque contĂȘm clorofila, que Ă© o que converte a luz solar em energia armazenada.

Compartilhe Com Seus Amigos