Lista de ecossistemas oce√Ęnicos

Mais de dois terços da superfície da Terra são cobertos por água.

Enquanto o oceano √© dividido em zonas e camadas, estas s√£o categorias amplas que n√£o especificam a diversidade de ecossistemas presentes. Cada camada ou zona inclui v√°rios ecossistemas, que se adaptaram a habitats espec√≠ficos encontrados nessas regi√Ķes oce√Ęnicas. A vida marinha pode ser encontrada a partir de linhas costeiras exuberantes at√© trincheiras profundas e oce√Ęnicas.

Zonas e camadas oce√Ęnicas

O oceano √© dividido em quatro zonas principais: a intertidal, ner√≠tica, oce√Ęnica e abissal. A zona intertidal √© a √°rea do mar costeiro que √© afetada pelas mudan√ßas de mar√©. Esta zona cont√©m diversos ecossistemas, como praias, estu√°rios e piscinas de mar√©. A zona ner√≠tica √© um oceano raso que se estende at√© a borda da plataforma continental, e a zona oce√Ęnica √© a √°rea localizada sobre a plan√≠cie abissal. A zona abissal refere-se √†s vastas plan√≠cies escuras do solo da bacia oce√Ęnica. Tamb√©m inclui as fendas vulc√Ęnicas de cadeias de montanhas subaqu√°ticas. Enquanto as zonas s√£o divididas como colunas de √°gua sobre √°reas espec√≠ficas de uma placa tect√īnica, as camadas oce√Ęnicas s√£o divididas com base no regime de profundidade e luz. A camada oce√Ęnica superior, chamada epipel√°gica, √© seguida pelo mesopel√°gico e pelo batipel√°gico em profundidade crescente; o abissopel√°gico √© a camada mais profunda.

Ecossistemas costeiros

Muitos ecossistemas e comunidades diferentes prosperam nas margens em mudan√ßa dos oceanos. As praias arenosas sustentam p√°ssaros, crust√°ceos e r√©pteis, enquanto as piscinas de mar√© fornecem ref√ļgio tempor√°rio para criaturas marinhas encalhadas e √≥timos locais de ca√ßa para predadores. Estu√°rios e p√Ęntanos t√™m uma mistura de √°gua doce e √°gua do mar, apoiando uma comunidade diversificada de organismos. Esses ecossistemas menores fazem parte da comunidade maior que habita a costa do oceano.

Recifes de coral

Os recifes de coral s√£o formados por corais mortos e vivos. Embora esses organismos pare√ßam vegetais, na verdade s√£o animais min√ļsculos. Alguns corais s√£o solit√°rios, mas a maioria √© colonial e forma um coral maior feito de p√≥lipos individuais. Os restos de corais mortos acumulam-se gradualmente para formar recifes, que suportam uma grande variedade de animais marinhos, como peixes, polvos, enguias, tubar√Ķes e crust√°ceos.

Manguezais

Este ecossistema gira em torno de √°rvores de mangue, que √© uma classifica√ß√£o n√£o-taxon√īmica para √°rvores e arbustos que podem viver em ambientes √ļmidos e salinos. Os ecossistemas de mangue s√£o encontrados em um quarto das costas tropicais do mundo. Este ambiente √© um terreno f√©rtil para muitas esp√©cies de peixes e aves, e √© diversificado em esp√©cies de plantas especializadas.

Oceano aberto

O oceano aberto √© um amplo ecossistema que existe na camada superficial rica em luz. Os produtores deste ecossistema s√£o pl√Ęncton fotossint√©tico, que √© comido por peixes, raias e baleias. Muitos predadores no oceano aberto se alimentam de peixes e outros predadores. Este ecossistema suporta o maior mam√≠fero do mundo, a baleia azul. As correntes oce√Ęnicas s√£o um fator importante nos ciclos de vida dos organismos no oceano aberto, trazendo √°gua rica em nutrientes de outras √°reas.

Oceano profundo

Os ecossistemas do oceano profundo s√£o desprovidos de luz e dependem de restos submersos e materiais org√Ęnicos das camadas oce√Ęnicas superiores. O fundo do oceano suporta v√°rios catadores e seus predadores, que se beneficiam com a mat√©ria org√Ęnica caindo no ch√£o. As fissuras vulc√Ęnicas que formam novos fundos marinhos tamb√©m sustentam uma comunidade extremamente especializada de organismos que dependem de aberturas de fuma√ßa superaquecidas na superf√≠cie da Terra. Essas aberturas expelem √°gua quente que √© rica em minerais. As bact√©rias quimioautotr√≥ficas criam energia pela oxida√ß√£o do enxofre a partir das aberturas e fornecem alimento para as esp√©cies de caranguejo e camar√£o. Os vermes tubulares tamb√©m abrigam a energia das rea√ß√Ķes qu√≠micas para sustentar a vida, tornando a energia solar absolutamente desnecess√°ria para a sobreviv√™ncia desse ecossistema.

Compartilhe Com Seus Amigos