Como calcular para vigas de aço

As dimensões de um feixe determinam sua força.

Os engenheiros usam o momento de inércia de uma área da estrutura para descrever quão bem ela resiste ao estresse de carga. Um feixe com um momento de inércia maior é menos provável de dobrar ou desviar quando uma carga aplica uma força a ele. Cálculo determina este segundo momento de inércia para feixes de forma irregular. Vigas retangulares, no entanto, oferecem uma fórmula simples para determinar seus momentos de inércia. Calcule o segundo momento de inércia de um feixe de luz dividindo-o em seções e calculando a inércia de cada um.

Eleve o comprimento de um dos flanges do feixe em I Ă  potĂŞncia de trĂŞs. Se, por exemplo, cada um dos flanges tiver 6 polegadas de comprimento: 6 ^ 3 = 216.

Multiplique essa resposta pela largura de cada flange. Se cada flange tiver 0,75 polegadas de largura: 216 x 0,75 = 162.

Multiplique essa resposta por 2 para considerar os dois flanges: 162 x 2 = 324.

Aumente a distância entre os flanges, que é o comprimento da correia, até a potência de 3. Se, por exemplo, essa distância for igual a 8 polegadas: 8 ^ 3 = 512.

Multiplique esta resposta pela largura da teia. Se o cinto Ă© de 0,75 polegadas de largura: 512 x 0,75 = 384.

Adicione as respostas Ă s etapas 3 e 5: 324 + 384 = 708.

Divida essa resposta por 12: 708/12 = 59. O resultado é o momento de inércia da área do feixe I, medido em polegadas elevado à potência de 4.

Compartilhe Com Seus Amigos