Os alces têm dentes de marfim?

Os alces têm dentes de marfim

O alce ou wapiti, que tem o nome taxonômico Cervus elaphus, já se espalhou por todo o continente norte-americano. Encontrados hoje principalmente no oeste dos Estados Unidos, os alces possuem a rara distinção de ter ambos os chifres e dentes caninos de marfim, que se acredita terem sido presas de boa fé há muitos milhares de anos durante a evolução do animal.

Características dos dentes

Entre os animais norte-americanos, apenas as morsas e os alces têm dentes de marfim. Nas morsas, são presas, mas em elk são anatomicamente semelhantes aos dentes remanescentes. Esses marfins, também chamados de "buglers" ou "whistlers", repousam na maxila, ou mandíbula superior, em cada lado dos dentes incisivos ou frontais. Em tempos pré-históricos, antes que os alces vagassem para o leste através da ponte de terra de Bering até o que hoje é o Alasca, esses dentes de marfim tinham talvez de 18 a 20 centímetros de comprimento.

Compartilhe Com Seus Amigos