Definição de Consumidor Terciário

Um falcão é um exemplo clássico de consumidor terciário.

Em biologia, uma teia alimentar representa todos os possíveis caminhos que a energia e os nutrientes podem levar através de um ecossistema, de um organismo para o outro. Cada caminho é uma cadeia alimentar e contém vários níveis tróficos, que separam diferentes tipos de organismos. Um consumidor terciário é um nível trófico de uma cadeia alimentar. Um consumidor terciário é qualquer consumidor que consuma principalmente consumidores primários e secundários.

Todo mundo é o almoço de alguém

O primeiro passo em uma cadeia alimentar é composto de produtores, incluindo plantas, algas, fitoplâncton e algumas formas de bactérias. Esses organismos são autotróficos, o que significa que eles criam seus próprios alimentos. Os níveis tróficos subseqüentes são todos compostos por consumidores, que dependem de outros organismos como fonte de alimento. Os consumidores primários são herbívoros, comendo apenas plantas. Consumidores secundários comem herbívoros. Um consumidor terciário é o quarto nível trófico; esses organismos consomem consumidores primários e secundários como fonte primária de alimentos. Um consumidor terciário pode não estar no topo da cadeia alimentar; pode haver outros predadores em níveis tróficos mais elevados.

Quem está no cardápio

Consumidores terciários podem ser onívoros ou carnívoros, o que significa que suas dietas podem incluir plantas ou consistir apenas de carne. Um bom exemplo de consumidor terciário é um falcão, que pode se alimentar de consumidores secundários, como cobras, bem como consumidores primários, como camundongos e aves. No entanto, um predador de ponta, como um leão da montanha, ainda está em um nível trófico superior ao do falcão.

Compartilhe Com Seus Amigos