Definição de um fóssil preservado

Os primeiros fósseis de vertebrados são aqueles formados por peixes.

Um fóssil é a evidência física de qualquer planta ou criatura que viveu na Terra. Pode ser um remanescente real, como ossos ou folhas, ou o resultado da atividade, como pegadas. Um fóssil preservado, também conhecido como "forma verdadeira fóssil", é aquele que permanece intacto, ou quase intacto, devido ao método em que foi fossilizado. Fósseis preservados são raros; a maioria dos fósseis sofre danos causados ​​pelo intemperismo e sedimentação antes de serem descobertos.

Idade de um fóssil

O termo "fóssil" é geralmente aplicado a descobertas de formas de vida anteriores que datam de pelo menos vários milhares de anos. De acordo com o Palaeobotanical Research Group, os fósseis mais antigos registrados têm quase 3,5 bilhões de anos. Eles são microfósseis na família das algas. Fósseis de formas de vida complexas e multicelulares datam de 600 milhões de anos.

Preservação Com Alteração

Os dois principais tipos de preservação fóssil são aqueles desenvolvidos ao longo do tempo com alteração e aqueles sem os efeitos de alteração. Preservação de fósseis com alteração é mais comum. A forma de vida original é parcial ou completamente transformada em novo material. Isso inclui petrificação, carbonização ou recristalização da matéria orgânica original. Outro exemplo de alteração é a substituição. É quando a parte difícil da forma de vida é substituída por um novo mineral. Por exemplo, a madeira petrificada vem de uma árvore na qual a madeira é totalmente substituída por sílica.

Preservação sem Alteração

Preservação de fósseis sem alteração significa que o estado da matéria orgânica original permanece inalterado. Os fósseis tipicamente descobertos incluem ossos, conchas e dentes. Um processo que resulta em fósseis intactos é chamado de âmbar. A matéria orgânica, como um inseto, é cercada por uma resina natural que endurece em torno do objeto que a preserva. O gelo também preserva animais e plantas. O mamute lanudo, extinto há milhares de anos, foi encontrado bem preservado nas geleiras siberianas. Outros fósseis preservados são descobertos em poços de alcatrão onde o óleo pegajoso é creditado com a prevenção da decomposição.

Importância dos fósseis

Os fósseis são peças valiosas de um quebra-cabeça universal que permite aos paleontólogos e outros cientistas aprender sobre organismos biológicos que existiam em um período de tempo anterior ao nosso. Entender a vida antiga e o ambiente em que ela existia ajuda a explicar as mudanças climáticas, como a vida se adapta e entra em colapso e as mudanças geológicas e geográficas.

Compartilhe Com Seus Amigos