As causas e efeitos da estagflação

Flutuações acentuadas na política monetária ou fornecimento de bens podem levar à estagflação, que pode ser prejudicial ao valor da moeda e à saúde econômica geral.

A estagflação é um termo econômico dado ao fenômeno de crescimento econômico decrescente (recessão) acompanhado pelo aumento dos preços (inflação). Isso é contraditório para a maioria das teorias econômicas modernas; como a demanda por bons diminui, o mesmo deve acontecer com a taxa de inflação. É preciso uma combinação de fatores para contribuir para a estagflação, o que pode ter efeitos incapacitantes na economia.

Choques de Suprimento

Grandes flutuações na oferta, particularmente a escassez, especialmente de bens commodities como petróleo e alimentos, podem ser uma causa de estagflação. Isso fará com que os preços dos produtos subam devido à maior demanda, bem como à redução no crescimento econômico, já que os produtos básicos podem afetar os custos de produção de toda a indústria. A oferta também pode ser afetada pela guerra e pela agitação política.

Política monetária

Se a oferta de moeda aumentar muito rapidamente a uma taxa não em relação ao crescimento econômico, ela contribuirá para a estagflação. A política monetária, como a fixação de juros e taxas de hipoteca, é controlada por grandes bancos centrais na maioria das nações. É sua responsabilidade emitir moeda em um nível representativo do progresso econômico para evitar a inflação. Os bancos centrais, assim como a política monetária, podem enfrentar pressão das agendas políticas.

Efeitos

Alguns efeitos da estagflação são o desemprego, o aumento dos preços em todos os bens, todos com um processo de recuperação muito lento. A estagflação também pode levar à volatilidade e falta de confiança nos mercados, levando a manobras ainda mais reacionárias por parte dos bancos centrais, como a alteração das taxas de juros e de câmbio.

Recuperação

Os efeitos da estagflação são muito piores do que a recessão e a inflação vivenciados separadamente, pois não há uma solução fácil. As condições recessivas exigem que os bancos centrais cortem as taxas de juros e aumentem os gastos do governo, no entanto, isso pode levar a mais inflação, que é metade do problema quando se trata de estagflação.

Compartilhe Com Seus Amigos